Após o estudo sobre o Modernismo no Brasil, com foco na Semana de Arte moderna de 1922, os alunos do 1º ano do Ensino Médio fizeram pesquisas sobre a artista modernista Tarsila do Amaral, com a intenção de conhecer suas obras e as fases de sua pintura: pau-brasil, antropofágica e social. Após esse estudo inicial, nas aulas de Arte, os alunos foram instigados a produzir textos imagéticos (releituras de obras da artista) com a técnica de lápis de cor sobre papel canson.

Em uma parceria interdisciplinar, nas aulas de Língua Portuguesa, os estudantes também puderam aprofundar os estudos, conhecendo o envolvimento de Tarsila também na literatura brasileira e desenvolveram produções de trabalhos que uniram os textos verbais e não-verbais em conexão com os manifestos Pau-brasil, Antropofágico, e os escritores modernistas Mário de Andrade e Oswald de Andrade.

Essa Instalação que se intitula “Tarsila – Um encontro entre as artes visuais e a Literatura” apresenta a união dessa rica produção verbal e imagética, que contempla os estudos, o envolvimento na produção interdisciplinar e os sentidos vividos e sentidos em todo o processo. Nessa perspectiva, reitera-se a importância do estudo das Linguagens no espaço escolar, tanto na criação de produções autorais e criativas como também no estímulo ao protagonismo juvenil e a uma educação pelo sensível.

trabalhoescolar9-01

Escola: Colégio Salesiano Jardim Camburi – Vitória – ES (Pertence a Rede Salesiana de Escolas)

Alunos: 1os anos do EM

Professores envolvidos:
Ivana de Macedo Mattos
Rosseana Mezzadri Dusi Bini