Uma das obras mais famosas de Tarsila do Amaral, “Procissão”, de 1941, foi emprestada pela Associação Paulista de Medicina para integrar a exposição do Museu de Arte do Rio de Janeiro intitulada “A cor do Brasil: de Visconti a Volpi, de Sued a Milhazes”.
Com curadoria de Paulo Herkenhoff e Marcelo Campos, a mostra será realizada entre 2 de agosto de 2016 e 15 de janeiro de 2017, e analisará a complexidade do signo pictórico na trajetória de diferentes artistas importantes no contexto da história da arte brasileira.

Com enfoque especial na obra de Alfredo Volpi, a pintura serial, harmonias cromáticas, erudição discreta e elaboração do pigmento estão entre as questões centrais abordadas pela exposição. Para saber mais, acesse www.museudeartedorio.org.br.

Texto e fonte: APM