A Obra a Cuca de Tarsila do Amaral está presente na exposição Jardin Infini desde o dia 18 de março e ficará exposta até o dia 28 de outubro de 2017.

Cuca

A CUCA, 1924, óleo sobre tela, 73×100 cm (P067).

pdf

Em carta à sua filha Dulce, em fevereiro de 1924, Tarsila escreveu: ‘Estou fazendo uns bichos bem brasileiros que têm sido muito apreciados. Agora fiz um que se intitula A Cuca. É um bicho esquisito, no mato com um sapo, um tatu e outro bicho inventado.’ A tela foi adquirida pelo Fonds National d’Art Contemporain da França em 1926 e posteriormente depositada no Musée de Grenoble, em 1928.

Confira aqui o link que leva até a página da exposição Jardin infini – De Giverny à l’Amazonie, atualmente no Centre Pompidou-Metz, onde encontra-se exposta a nossa querida obra A Cuca.

Na imagem ao lado veja também o dossier em PDF, com apresentação mais elaborada da exposição, e onde citam nas páginas 8 e 9 o quadro de Tarsila e o Manifesto de 1928.